The Two-Week Wait Starts… Now!

EN-CA

Today is Valentine’s Day and what I want as a gift is to have experienced my last period two weeks ago. At least for the next nine months. After a long haul of difficult decisions, emotions, sadness, happiness, doubt, questions… we have finally taken a step forward. After choosing our sperm donor, we went for our first IUI today, on Valentine’s Day.

And I know I am not alone. In Canada, about one in six couples are infertile. In the world, one in every ten couples is infertile. But nobody actually talks about it. Nobody in my circle, at least.

After hearing from doctors all our possibilities, sperm donor seemed to be our best option. As I don’t have any known fertility problems, technically intra-uterine insemination is our best bet. Choosing a donor to complete this procedure, however, was not easy.

Choosing the Donor

In Canada, there are three Sperm Banks where we can access a list of several donors. These agencies often have partnerships with other US clinics as well, thus expanding the list of donors by hundreds. When I say it like that, it may seem to you that we had lots and lots of possibilities to choose from… and that is true. If I was blond and had straight hair and fair skin. And I don’t. Neither has my husband.

I’m Brazilian and so is my husband. We have Latin features: I have curly and brown hair and my husband has straight brown hair. We are both more tanned than have fair skin. We both have brown eyes. In North America, finding these features is hard. Latin ethnicity even harder. We have spent three years trying to make it happen. Of course, we want someone who is going to look like us!

From these three sperm banks, only one had a partnership with a sperm bank in Seattle, that had been recommended to us. This Seattle Sperm Bank was recommended, because it’s the only one that actively fact checks everything that the donor says, not only medical history but also life history: if they had studied, if they graduated, etc. All the other clinics check only medical history.

Why checking if they have indeed gone to school is important? Would you want a liar to be your child’s donor? Would you want someone who claimed X Y or Z to be the chosen one, when in fact, he had not accomplished X Y or Z? Well, I would not either. So that’s where we started looking.

At each Sperm Bank, there’s have a list of donors where we can filter by the colour of the hair, eyes, ethnicity, weight, height, blood type, etc. So, within one of the Canadian sperm banks, we were able to login into Seattle Sperm Bank and filter our possible donors.

Seven donors matched with our filter specifications. Now was the time to read everything that we could at each donor’s profile: extended profile with the medical history of the donor and the family of the donor, staff impression, donor essay, temperament report, etc. Some of them even had audio interviews. And we started our homework.

Starting with the extended profile was always our best bet. When we would see that some of the donors had their hair receding, for example… that was a no. My husband has long and beautiful hair that will never recede. Others had, for example, money as their life goal. That was also a definite no. No, go. So, we did that for each donor. It took us a few days to go through all the material, talk about it and scale down our list.

We finally got down to two donors after a couple of weeks. Not bad. Now we had to, technically, order our vials. Surprise! No vials were available for either of the donors.

Long Choosing Process: No vials! What’s next?

That was very disappointing. I still don’t understand why the donors are listed if the sperm banks don’t have vials available. This was extremely frustrating and I was of course, very, very emotional, sad and disappointed. I was mad.

So, I emailed the sperm bank to ask whether or not there would be vials available within the next little while. After two days, the response came back: “we might receive some vials within four to six months”. Meaning: there was no guarantee that they would have vials in four to six months… For all it’s worth, they could never receive a donation again from these guys!

So, we had to start all over again. We knew at that point that Seattle Sperm Bank was eliminated from our options. We had already gone through all the possible donors, and there were no new donors at that time. Off we went to our next option.

We went through the donor lists, filtered and we found one possible donor. When we were reading the profile, we could not really gather if that was the one or not. It was on this donor’s temperament report that we were sold. We were reading it together, and I think after the first few paragraphs (I think the report had 18 pages or so), we were reading it like if they were talking about my husband specifically. It was him! They were 100% describing my husband on that report. Then we knew!

We were both so scared, surprised, amazed by how similar to my husband that donor was described.

The donor photos

As opposed to the donors offered by Seattle Sperm Bank, this Canadian sperm bank did not offer photos of the donor when they were babies. This clinic only offered close-up shots of the donor likeliness: close-up of the ear, eyes, mouth, body, etc. No actual photo of the entire face. And for us, that did not matter, because we did not want to see photos of the guy unless they were baby photos.

We didn’t want to see these “likeliness photos”, but we were curious as to whether this was an actual good match for us or not.

We have friends that we trust (fortunately!!!) and that we had been talking about our journey for quite some time now. We knew that it was okay for us to ask them to help us… So we did. We asked our friends if they would be comfortable in seeing these likeliness photos of the donor and telling us if it was a match with us or not.

We hope these friends did not lie (let’s put all the pressure on them now!!!)… Because they all separately told us that the donor was a great match!

So… we never saw the photos. But we chose our donor. Thank you, friends.

We then decided to order the vials. Surprise!!!! They did not have vials available.

Oh gosh. Not again! Imagine that one in ten couples all around the world goes through this frustration and stress of trying to start a family and can’t. It’s very, very saddening.

At least, after I sent the clinic an email asking when they would have vials available, they answered that within two weeks the vials would be available. So we waited. After two weeks, we tried to order again. And that’s how we got to today’s IUI.

Now, we are in the two-week wait. Fingers crossed for a baby in November!

 


[PT-BR]

As Duas Semanas de Espera Começam… Agora!

Hoje é Dia dos Namorados aqui no Canadá e o que eu quero como presente é ter tido meu último período há duas semanas atrás. Pelo menos pelos próximos nove meses. Depois de um longo tempo de decisões difíceis, emoções, tristeza, felicidade, dúvidas, perguntas … finalmente, demos um passo à frente. Depois de escolher o nosso doador de esperma, fomos para a nossa primeira inseminação hoje, no Dia dos Namorados.

E eu sei que não estou sozinha. No Canadá, cerca de um em cada seis casais é infértil. No mundo, um em cada dez casais é infértil. Mas ninguém fala sobre isso. Ninguém no meu círculo de amizades, pelo menos.

Depois de ouvir dos médicos sobre todas as nossas possibilidades, doação de esperma parecia ser a nossa melhor opção. Como eu aparentemente não tenho nenhum problema de fertilidade, a inseminação intra-uterina é a nossa melhor aposta. Escolher um doador para completar este procedimento, no entanto, não foi fácil.

Escolhendo o doador

No Canadá, existem três bancos de esperma onde podemos acessar uma lista de vários doadores. Essas agências geralmente tem parcerias com outras clínicas dos EUA, ampliando assim a lista de doadores em centenas. Quando digo assim, pode parecer que tínhamos muitas e muitas possibilidades para escolher … e isso é verdade. Se eu fosse loira e tivesse cabelos lisos e pele clara. E eu não tenho. Nem meu marido.

Sou brasileira e meu marido também. Nós temos características latinas: meu cabelo é encaracolado e castanhos e meu marido tem cabelos castanhos lisos. Nós somos ambos mais bronzeados e não temos pele tão clara. Nós dois temos olhos castanhos. Na América do Norte, encontrar pessoas com essas caracteristicas é difícil. Pessoas com origens latina ainda mais difícil. Nós passamos três anos tentando fazer isso acontecer. Claro que queremos alguém que se pareça com a gente!

Destes três bancos de esperma, apenas um tinha uma parceria com um banco de esperma em Seattle, que tinham nos recomendado. Este Banco de Esperma de Seattle foi recomendado, porque é o único que verifica tudo o que o doador diz, não apenas histórico médico, mas também história de vida: se eles estudaram, se formaram, etc. Todas as outras clínicas verificam apenas o historico médicos.

Em cada Banco de Esperma, há uma lista de doadores e podemos filtrar um monte de caracteristicas deles: a cor do cabelo, olhos, etnia, peso, altura, tipo sanguíneo, etc. Então, dentro de um dos bancos de esperma do Canadá, nós conseguimos loggar no Seattle Sperm Bank e filtrar nossos possíveis doadores.

Sete doadores foram compativeis com nossas especificações escolhidas. Agora era a hora de ler tudo o que podíamos no perfil de cada doador: perfil extra com histórico médico do doador e da família do doador, comentários feitos pelos próprios funcionários da clinica sobre o doador, redação escrita pelo, relatório de comportamento, etc. Alguns deles tinham até entrevistas de áudio. Então começamos nossa lição de casa.

Começar com o perfil extra do doador foi nossa melhor estratégia. Nos deparamos com alguns doadores que estavam ficando calvos, por exemplo … isso era um não. Meu marido tem cabelos longos e lindos e ele nunca vai ficar careca. Outros tinham, por exemplo, o dinheiro como meta de vida. Esse também era um definitivo não. Não. Então, fizemos isso para cada doador. Levamos alguns dias para analisar todo o material, conversar sobre isso e filtrar nossa lista.

Finalmente chegamos a dois doadores depois de algumas semanas. Não é ruim. Agora tínhamos que, tecnicamente, pedir nossas amostras. Surpresa! Não há amostras disponíveis para nenhum dos doadores.

Processo de escolha do doador fracassado! Qual é o próximo passo?

Isso foi muito decepcionante. Eu ainda não entendo por que os doadores estão nas listas se os bancos de esperma não tem amostras disponíveis. Isso foi extremamente frustrante e eu estava, é claro, muito, muito emotiva, triste e desapontada.

Então, eu enviei um email para o banco de esperma para perguntar se haveria ou não amostras disponíveis logo mais. Após dois dias, a resposta chegou: “pode ser que a gente receba algumas amostras dentro de quatro a seis meses”. Ou seja: não havia garantia de que eles teriam amostras em quatro a seis meses … A verdade é que eles poderiam nunca mais receber uma doação novamente desses caras!

Então, nós tivemos que começar tudo de novo. Sabíamos naquele momento que o Seattle Sperm Bank foi eliminado das nossas opções. Já havíamos passado por todos os possíveis doadores e não havia novos doadores naquela época.

Passamos pelas listas de doadores, filtramos e encontramos um possível doador. Quando estávamos lendo o perfil, não podíamos realmente saber se era esse ou não. Foi na analise de comportamento que fomos vendidos. Estávamos lendo juntos, e acho que depois dos primeiros parágrafos (acho que essa análise tinha umas 18 páginas ou mais), estávamos lendo como se estivessem falando especificamente do meu marido. Era ele! Eles estavam 100% descrevendo meu marido naquela análise. Então nós sabíamos!

Nós dois estávamos assustados, surpresos, espantados com tamanha semelhança com o meu marido com a que o doador tinha sido descrito.

As fotos do doador

Ao contrário dos doadores oferecidos pelo Seattle Sperm Bank, este banco canadense de esperma não tinha fotos do doador quando eram bebês. Esta clínica oferecia apenas fotos de partes do corpo do doador: close-up da orelha, olhos, boca, corpo, etc. Nenhuma foto de rosto todo. E pra nós, isso não importava, porque não queríamos ver fotos do cara, a menos que fossem fotos de bebês.

Nós não queríamos ver essas “fotos de partes do corpo” mas estávamos curiosos para saber se ele era uma boa combinação para nós ou não.

Temos amigos em quem confiamos (felizmente !!!) e que com quem sempre conversamos sobre nossa jornada de tentar ter um filho. Nós sabíamos que não havia problema em pedir que nos ajudassem … Então pedimos ajuda. Nós perguntamos aos nossos amigos se eles ficariam confortáveis ​​em ver essas fotos do doador e dizer se combinava com a gente ou não.

Tomara que nossos amigos não tenham mentido (vamos colocar toda a pressão neles agora!!!) … Porque todos eles nos disseram separadamente que o doador era uma ótima escolha!

Então… acabamos nunca vendo as fotos. Mas escolhemos o nosso doador. Obrigada amigos.

Então decidimos pedir as amostras. Surpresa!!!! Eles não tinham amostras disponíveis.

Oh meu Deus de novo não! Imagina que um em cada dez casais em todo o mundo passa por essa frustração e estresse de tentar começar uma família e não pode. É muito, muito triste.

Pelo menos, depois de eu ter enviado um email à clínica perguntando quando eles teriam amostras de esperma disponíveis, eles responderam que dentro de duas semanas as amostras estariam lá. Então esperamos. Depois de duas semanas, tentamos pedir novamente. E foi assim que chegamos à inseminação de hoje.

Agora estamos nas duas semanas de espera. Dedos cruzados por um bebê em novembro!

 

Photo by Ana Azevedo on Unsplash

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s